MENU

Olimpíadas e Copa são chance de o mundo conhecer o Brasil, diz Blair

Olimpíadas e Copa são chance de o mundo conhecer o Brasil, diz Blair

Atualizado: Terça-feira, 26 Outubro de 2010 as 1:09

O ex-premiê britânico Tony Blair disse, nesta terça-feira (26), em palestra em São Paulo que o fato de o Brasil ser sede da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016 são oportunidades muito grandes para o país transmitir uma imagem diferente da que as pessoas geralmente têm sobre o país.

Blair, que governou o Reino Unido entre 1997 e 2007, foi apresentado no evento como o grande responsável por garantir as Olimpíadas de 2012 em Londres.

Ele disse que os eventos esportivos mostram "confiança" dentro e fora do país e que servem para gerar empregos e benefícios. Os jogos, segundo ele, são uma oportunidade social, cultural e ambiental.

"O mundo está com vocês e eu sei que vocês não decepcionarão", disse ele. Blair afirmou que os eventos são uma enorme chance de mostrar o Rio como um símbolo de mudança e desenvolvimento.   O ex-premiê disse que os britânicos tiraram cinco lições do processo de organizar os jogos de 2012. A primeira é de "governança e organização". Segundo ele, o país precisa provar que é capaz de fazer.

A segunda é a necessidade de atrair o setor privado, que deve trabalhar em parceria com o setor público. De acordo com ele, trata-se de uma grande oportunidade para as empresas fazerem publicidade em escala global. A terceira é que é preciso pensar no longo prazo. Ele citou como exemplo o uso dos investimentos no jogo para reabilitar áreas urbanas.

A quarta é o legado. Os jogos, segundo ele, precisam mostrar que o esporte pode mudar a sociedade e unificar a comunidade. "Os jovens podem descobrir coisas para a sua vida a partir do esporte", disse.

A quinta é que os jogos precisam ter uma marca. No caso de Londres, isso ocorreu mostrando que, além de turística, ela é uma cidade multicultural, de diversidade.

Infraestrutura

O governador do Rio, Sérgio Cabral Filho, e o prefeito da capital, Eduardo Paes, também participaram do evento, assim como o governador de São Paulo, Alberto Goldman, e o governador eleito, Geraldo Alckmin.

Cabral disse que a previsão de investimentos públicos para os Jogos é de entre R$ 12 bilhões a R$ 15 bilhões. Mas Paes disse que esse número ainda poderia ser alterado, já que a fase atual é de planejamento.

O governador afirmou que, como o Rio tem carência de infraestrutura, as obras já foram iniciadas. Ele também afirmou que o Estádio do Maracanã vai estar revitalizado.

Paes afirmou que, até 2011, tudo o que demora mais de três anos para ser feito já está em execução. Ele disse que o pátio olímpico pode ser construído com dinheiro privado, via PPP (parceria público privado).    

veja também