Operação contra funcionários fantasmas prende 20 pessoas no Rio

Operação contra funcionários fantasmas prende 20 pessoas no Rio

Atualizado: Sexta-feira, 1 Julho de 2011 as 10:22

Policiais da Secretaria de Segurança Publica do Rio e da Draco (Delegacia de Repressão ao Crime Organizado) tentam cumprir na manhã desta sexta-feira 31 mandados de prisão contra uma quadrilha que incluía funcionários fantasmas na folha de pagamento da Secretaria Estadual de Saúde do Rio. Ao menos, 20 pessoas foram presas.

De acordo com as investigações da Subsecretaria de Inteligência, da Draco e do Grupo de Lavagem de Dinheiro da Policia Civil, duas funcionárias de uma empresa terceirizada, contratada pela Secretaria de Saúde, inseriram o nome de 44 pessoas na folha em fevereiro.

Essas pessoas emprestavam a conta e no dia de receber o salário retiravam todo o vencimento pago pelo Estado. O grupo recebia entre R$ 1.200 e R$ 4.000.

A operação Saldo Zero, como está sendo chamada, descobriu que os integrantes da quadrilha receberam os salários de março, abril e maio. O total pago foi de R$ 300 mil.

A investigação começou a partir de suspeitas da Secretaria Estadual de Saúde do Rio que passou as informações a Secretaria de Segurança Publica.

veja também