MENU

Operação da Civil prende 16 e encontra central clandestina de TV a cabo

Operação da Civil prende 16 e encontra central clandestina de TV a cabo

Atualizado: Terça-feira, 21 Dezembro de 2010 as 11

Subiu para 16 o número de presos na operação Capa Preto, deflagrada pela Polícia Civil no fim da madrugada desta terça-feira (21). Entre eles, estão dois vereadores de Duque de Caxias, Baixada Fluminense. No mesmo município, no bairro Pantanal, foi estourada uma central clandestina de TV a cabo.

Os políticos presos são Jonas Gonçalves da Silva, o  Jonas é Nóis, PM reformado, e Sebastião Ferreira da Silva, conhecido como Chiquinho Grandão. Os dois estavam em casa quando os agentes chegaram.

A operação, que tenta cumprir 34 mandados de prisão e 54 de busca e apreensão expedidos pela Justiça, é comanda pela Draco/IE (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais), e conta com apoio de outras especializadas: Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC).

Entre os procurados, 13 são policiais militares na ativa e outros cinco, ex-PMs.    

veja também