MENU

Operação da Polícia Civil prende PMs suspeitos de roubar caixas eletrônicos

Operação da Polícia Civil prende PMs suspeitos de roubar caixas eletrônicos

Atualizado: Terça-feira, 31 Maio de 2011 as 11:18

Operação da Polícia Civil começou na madrugada

desta terça-feira (Foto: Juliana Cardilli/G1)     Uma operação da Polícia Civil de São Paulo cumpre desde a madrugada desta terça-feira (31) mandados de busca e apreensão e de prisão na Grande São Paulo para desmantelar uma quadrilha de roubo a caixas eletrônicos, inclusive, por policiais militares. Até as 9h30, quatro suspeitos já haviam sido presos, entre eles dois PMs e um ex-policial militar, segundo informações do Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic).

Às 10h30, eles já tinham chegado à sede do Deic. A operação é comandada pela Delegacia de Repressão a Roubo a Bancos, do Deic. Estão sendo cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e outros seis de prisão.

No sábado (28), dois policiais militares foram presos dentro de uma agência bancária no Jabaquara, na Zona Sul de São Paulo, suspeito de tentativa de roubo a caixa eletrônico em uma agência bancária. Eles foram alertados por um colega sobre a chegada do Grupo de Operações Especiais (GOE). O SMS, que dizia "sai fora que sujou", levou a Polícia Civil ao terceiro envolvido, que, fardado, ajudava os soldados do lado de fora da agência.

Com os suspeitosos policiais do GOE encontraram pé-de-cabra, furadeira, broca, máscaras e disco de corte de metal, além de uma pistola. Um tubo de PVC com um material que aparentava ser explosivo foi detonado. O advogado dos policiais negou o crime e disse que eles foram ao banco por terem visto uma movimentação estranha.

Casos recentes

Entre a noite desta segunda-feira (30) e a madrugada desta terça-feira, caixas eletrônicos foram alvos de criminosos em quatro pontos da Grande São Paul. Em Osasco, na região metropolitana, a explosão de um caixa eletrônico que funcionava dentro de um mercado provocou um incêndio. Os ladrões fugiram levando dinheiro. Os bombeiros foram chamados e controlaram as chamas, mas parte do mercado já havia sido atingida. Ninguém foi preso.

Na Freguesia do Ó, na Zona Norte da capital, o caixa eletrônico atacado ficava em uma loja de conveniência instalada em um posto de combustíveis na Avenida Fuad Luftalla. Moradores da região ouviram o barulho da explosão e chamaram a polícia. Os criminosos conseguiram fugir antes que os policiais chegassem.

Em Pinheiros, na Zona Oeste, uma quadrilha invadiu uma editora na Rua Henrique Schaumann, rendeu funcionários e arrombou três caixas eletrônicos. Os bandidos fugiram com o dinheiro. A polícia e peritos foram acionados.

Em São Bernardo do Campo, no ABC, criminosos tentaram arrombar o caixa eletrônico de uma agência bancária com um maçarico, mas não conseguiram e fugiram sem levar nada.          

veja também