MENU

Operação da Polícia Federal flagra falsos agentes ferroviários no Ceará

Operação da Polícia Federal flagra falsos agentes ferroviários no Ceará

Atualizado: Sexta-feira, 10 Junho de 2011 as 11:29

Operação da Polícia Federal desmonta suposta

'milícia' do Metrofor (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

  A Delegacia de Polícia Federal (PF) em Juazeiro do Norte (CE) deflagrou, na manhã desta sexta-feira, a Operação Alegoria da Caverna, por meio da qual são investigados crimes cometidos por supostos empregados do Metrô de Fortaleza (Metrofor). As acusações seriam: posse e porte ilegal de armas, uso indevido das armas nacionais, falsificação e uso de documentos, usurpação de função pública, invasão de domicílio, injúria racial e quadrilha.

Durante as investigações, segundo informou a Polícia Federal em Juazeiro do Norte, foi comprovada a formação de uma milicia armada que utiliza fardamento e carteiras funcionais da “Polícia Ferroviária Federal”, um dos órgãos de Segurança Pública da União (previstos no art. 144 da Constituição Federal) mas que, no entanto, ainda não foi criado por lei. De acordo com a PF, o grupo tinha ligação direta com o Metrofor.

Foram cumpridos Mandados de Busca e Apreensão expedidos pela 16ª Vara Federal em Juazeiro do Norte, na sede do Metrofor em Fortaleza, e em um imóvel utilizado por empregados da empresa no município de Crato, interior do Ceará. Ao final da operação, segundo informações da PF, foram apreendidos: coletes, fardamento com a inscrição “Polícia Ferroviária Federal” e com a indevida utilização das armas nacionais, 36 armas de fogo, munição, algemas, carteiras funcionais falsas e um emblema.

Ainda em Juazeiro do Norte, a PF prendeu em flagrante três supostos empregados do Metrofor. Um dos conduzidos chegou a ser flagrado no interior do Metrô do Cariri “fardado” e em plena usurpação da função pública.

Metrofor

Em contato com o G1 CE, a assessoria de comunicação do Metrô de Fortaleza informou que advogados já foram acionados. A companhia disse ainda que somente após verificação de todas as ações da Polícia Federal e das acusações vai se pronunciar sobre o ocorrido.        

veja também