MENU

Operação de resgate em pedreira de Santos mobiliza 30 pessoas

Operação de resgate em pedreira de Santos mobiliza 30 pessoas

Atualizado: Quinta-feira, 14 Abril de 2011 as 11:58

Uma equipe de 30 pessoas, entre bombeiros, técnicos da Defesa Civil, do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e do Instituto Geológico (IG), trabalha na manhã desta quinta-feira (14) na operação de resgate dos dois trabalhadores que estão soterrados em uma pedreira em Santos, no litoral de São Paulo. O acidente aconteceu nesta terça-feira (12). Toneladas de rocha se desprenderam da encosta e soterraram as vítimas – dois homens escaparam com vida.     Segundo o comandante do policiamento do Vale do Ribeira e do Litoral de São Paulo, Sérgio Del Bel, o trabalho tem duas frentes – por baixo, equipes vão tentar chegar até a área para implodir uma pedra de cerca de 300 toneladas que corre risco de vir abaixo. A outra estratégia é abrir acesso ao local onde os dois operários trabalhavam na hora do acidente por cima, em um bloco extenso de rocha. “Este é o ponto mais instável, pois a rocha pode escorregar a qualquer hora. Estamos abrindo um acesso por cima do bloco para que ele seja explodido e retirado”, diz.

Na manhã de quarta-feira (13), uma rocha desmoronou na pedreira. Técnicos do IPT foram chamados para fazer um estudo mais detalhado do terreno e dos riscos da operação.

Segundo a Defesa Civil, a causa mais provável para o deslizamento é a grande quantidade de chuva que atingiu a Baixada Santista nos últimos meses.      

veja também