MENU

Operação em hospitais apreende 150 kg de alimentos irregulares no RJ

Operação em hospitais apreende 150 kg de alimentos irregulares no RJ

Atualizado: Quarta-feira, 28 Setembro de 2011 as 4:39

Carnes irregulares são apreendidas em hospitais

do Rio (Foto: Carolina Lauriano / G1)

  A Operação UTI, que tem como objetivo fiscalizar hospitais particulares do Rio, terminou, nesta quarta-feira (28), com três nutricionistas presas e cerca de 150 quilos de alimentos irregulares apreendidos. A ação foi realizada por 10 agentes da Delegacia do Consumidor (Decon) em três unidades de saúde.

De acordo com a delegada titular, Patrícia de Paiva Aguiar, as três profissionais pagaram fiança e vão responder em liberdade pelo crime contra as relações de consumo. A pena varia de dois a cinco anos de detenção.

“Elas foram presas porque não fiscalizaram com devida cautela os alimentos que seriam servidos aos pacientes”, afirmou a delegada.

Bacalhau e suplementos alimentares estavam

irregulares (Foto: Carolina Lauriano / G1)

  Ela disse que os alimentos era impróprios para consumo pois possuíam data de validade vencida ou não apresentavam a especificação do produto, como origem e fabricação.

Cada uma das acusadas era responsável por um dos hospitais vistoriados, nas zona Sul e Oeste da cidade e em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

A delegada explicou que esta já é a quarta Operação UTI realizada pela Decon, desde maio deste ano, e a meta é intensificar esse tipo de fiscalização. A ação teve início através de denúncias anônimas.          

veja também