MENU

Operação prende PMs e civis por contrabando de cigarros em MS

Operação prende PMs e civis por contrabando de cigarros em MS

Atualizado: Quarta-feira, 26 Outubro de 2011 as 1:04

Policiais cumprem mandados em Naviraí, região Sul do estado (Foto: Orisvaldo Sales/Portal do MS) Uma operação conjunta entre a Polícia Militar e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (26) em Campo Grande e na região sul do estado, com objetivo de desarticular uma quadrilha composta por civis e PMs envolvidos com contrabando de cigarro.

Durante a Operação Fumus Malus ('fumaça do mal', em latim), devem ser cumpridos 11 mandados de prisão preventiva, 13 de prisão temporária, além de 29 mandados de busca e apreensão nas cidades de Naviraí, Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Mundo Novo, Amambai, Sete Quedas, Batayporã e Campo Grande.

Até as 12h40 (horário de Brasília), já haviam sido cumpridos 14 mandados de prisão, dos 21 decretados. Destes, 12 eram policiais. Eles foram presos em Naviraí, Itaquiraí, Sete Quedas, Mundo Novo, Iguatemi e Campo Grande. Um sargento da reserva remunerada, um cabo e um soldado estão sendo procurados e, se não se apresentarem, podem ser deserdados.   Esta é a segunda ação realizada nos últimos dias para desbaratar a quadrilha. Na segunda-feira (24), a Operação Holambra resultou na prisão de 20 pessoas em Mato Grosso do Sul e uma em Mato Grosso. Destes, segundo o Comando Geral da Polícia Militar, oito são integrantes da corporação. O comando da PM já determinou que o Conselho de Disciplina avalie se os policiais envolvidos com a quadrilha devem permanecer nos quadros da instituição ou serem excluídos sumariamente.

O trabalho de apuração dos supostos desvios de conduta de policiais foi desenvolvido pela agência de inteligência da Polícia Militar, e começou em outubro do ano passado.

A Operação Fumus Malus conta ainda com a participação da Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais (Cigcoe), o 14º Batalhão da Polícia Militar Rodoviário, a Força Tática da PM do 1º, 9º e 10º Batalhão, além de auditores fiscais do Núcleo de Repressão ao Contrabando e ao Descaminho, da Receita Federal.        

veja também