Operários do Mineirão voltam a trabalhar após três dias de greve

Operários do Mineirão voltam a trabalhar após três dias de greve

Atualizado: Terça-feira, 20 Setembro de 2011 as 2:56

Os trabalhadores da reforma do Estádio Magalhães Pinto, o Mineirão, voltaram a trabalhar na manhã desta terça-feira (20), depois de um acordo feito entre o consórcio Minas Arena, responsável pelas obras no estádio, e o Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Construção Pesada de Minas Gerais (Siticop-MG).   Segundo o Siticop, nesta segunda-feira (19) ficou acordado no Tribunal Regional do Trabalho que, entre outras coisas, os operários vão ter autorização para fazer duas horas extras por dia, de segunda a sexta-feira, e receber por elas. Aos sábados, eles podem trabalhar até as 16h, também contando como hora extra.

O sindicato informou que os trabalhadores reivindicavam o direito de fazer horas extras, já que a maior parte deles mora fora de Belo Horizonte e não tem o que fazer nas horas livres. Com o acordo, o consócio terá que atender aos pedidos dos operários que quiserem trabalhar, mesmo que não haja demanda. Em último caso, o trabalhador que fizer este pedido pode receber pelas horas extras sem ter trabalhado.

Entre outras propostas, foi oferecida ainda a eles a garantia de emprego de 40 dias, a partir desta terça-feira (20), tendo direito de recebê-los mesmo se mandados embora. Ainda segundo o acordo, os dias parados não serão descontados e os membros representantes dos operários vão ter 90 dias de garantia de emprego.          

veja também