MENU

OSCAR 2011: Lula, O Filho do Brasil sofre com críticas

OSCAR 2011: Lula, O Filho do Brasil sofre com críticas

Atualizado: Sexta-feira, 24 Setembro de 2010 as 4:01

Mesmo com as boas relações que o presidente Luis Inácio Lula da Silva tem com os outros países, a crítica de cinema dos hermanos não poupou Lula, O Filme do Brasil .

Na verdade, segundo a crítica publicada nesta quinta-feira (23/9) no La Nación , o filme “parece um manual de história escrito por um biógrafo oficial”. De acordo com Natalia Trzenko, quem assina o texto, “a incrível história de Lula merecia um filme melhor, mas interessante e profunda do que Lula, o Filho do Brasil ”.

A cinebiografia do nosso presidente também não recebeu boas críticas brasileiras à época de seu lançamento. Nisso, Argentina e Brasil concordam: Lula, O Filho do Brasil é regular.

O mais curioso é que a publicação aconteceu no mesmo dia em que Lula, O Filho do Brasil foi anunciado como o representante do país na disputa por uma vaga na categoria Melhor Filme de Língua Estrangeira no Oscar 2011.

Junto a isto, cineastas brasileiros criticaram a escolha do MinC. Para Fernando Meirelles ( VIPs ) o começo de carreira política de Lula é interessante, mas o final é “patético”. Já Sandra Werneck ( Sonhos Roubados ) acredita que há interesse político na decisão, já que o presidente tem boa aceitação internacional.

Sérgio Bianchi ( Os Inquilinos ), ao contrário dos colegas, não acha que Lula, O Filho do Brasil tenha sido eleito o representante do país por questões políticas, mas “uma tentativa de indicar o filme mais normativo para ser aceito”. Paula Barreto, produtora e irmão do diretor de Lula , o filme foi rotulado de político, apesar de ter uma abordagem diferente.

Os indicados ao Oscar serão anunciados em 25 de janeiro de 2011. A entrega do prêmio acontece em 27 de fevereiro, em Los Angeles.

veja também