MENU

Paciente desaparece após fugir de pronto-socorro no interior de SP

Paciente desaparece após fugir de pronto-socorro no interior de SP

Atualizado: Terça-feira, 30 Novembro de 2010 as 8:18

Um servente de pedreiro de 41 anos está desaparecido desde sexta-feira (26), após fugir do pronto-socorro Central de Sumaré, a km de São Paulo. Cláudio Alves de Santana foi internado após uma convulsão na quinta-feira (25).

A família afirma que as informações são desencontradas. Na sexta, quando parentes não puderam visitá-lo, uma atendente disse por telefone que ele estava bem, mas que permaneceria internado. No sábado (27), em um novo contato realizado por telefone, um funcionário informou que o paciente havia tido alta. Em seguida, a família foi ao pronto-socorro e ficou sabendo que o servente de pedreiro havia fugido.

A Prefeitura de Sumaré informou nesta segunda-feira (29) que o paciente fugiu às 18h40 de sexta, e que havia tentado fugir no início da tarde do mesmo dia. A administração disse ainda que, como o local é um pronto-socorro, não consegue fazer um controle mais rígido de entrada e saída.

Uma ficha de ocorrência interna foi aberta para apurar de quem foi a responsabilidade de ter permitido a fuga e de não ter avisado a família do ocorrido. Parentes registraram boletim de ocorrência no sábado e a polícia já iniciou as buscas.

Esta é a segunda vez que Cláudio Alves de Santana foge de um pronto-socorro. Há três meses, ele também conseguiu escapar, mas retornou para casa. Segundo parentes, o servente de pedreiro é alcoólatra e passa por diversos problemas neurológicos, e que por isso tem a saúde muito debilitada e precisa de acompanhamento médico constante.

Em Campinas, um aposentado de 52 anos desapareceu do Hospital e Maternidade Celso Pierro no dia 12 de novembro. Ele foi encontrado e levado para outro hospital, mas morreu dias depois.    

veja também