MENU

Paciente quebra recepção de hospital com extintor de incêndio

Paciente quebra recepção de hospital com extintor de incêndio

Atualizado: Domingo, 24 Julho de 2011 as 8:38

Um rapaz de 20 anos foi preso depois de destruir parte da recepção do pronto-socorro do Hospital Universitário de Londrina, no Norte do Paraná, por volta das 20h desta sexta-feira (22). O jovem teria tirado o extintor de incêndio da parede da recepção e a jogado contra os atendentes, por se irritar com a espera por atendimento. Os vidros do pronto-socorro foram quebrados. Ninguém se feriu.

De acordo com a diretora superintendente do hospital, Margarida de Carvalho, o jovem passou pela triagem às 18h45. O caso dele foi classificado como não sendo de urgência. "Como ele não corria risco, a classificação dele foi a verde. A vermelha é o mais grave. No momento, uma gestante que entrava em trabalho de parto, aguardava ser atendida", disse Margarida ao G1 .

"No começo os pacientes que aguardavam atendimento na recepção pensaram que fossem tiros. Todos se assustaram", explicou a superintendente.

Em pouco tempo, a Polícia Militar chegou ao hospital e conteve o rapaz. Ele foi encaminhado para ser atendido em outro hospital e depois à delegacia. O hospital registrou boletim de ocorrência. O rapaz foi autuado em flagrante, pagou fiança de R$ 300 e vai responder, por depredação ao patrimônio público, em liberdade.

Segundo Margarida, esta é a terceira vez em um ano que acontece casos como este. "Já quebraram cadeiras, arrancaram ventilador da parede, mas extintor e quebrarem vidro foi a primeira vez", contou.

O Hospital Universitário de Londrina tem capacidade para 48 leitos e, neste sábado (23), há 83 pacientes internados. "Seis esperam por internação na UTI [Unidade de Terapia Intensiva]", informou Margarida.    

veja também