Padarias de SP são multadas por falta de acessibilidade

Padarias de SP são multadas por falta de acessibilidade

Atualizado: Terça-feira, 20 Julho de 2010 as 9:30

Três padarias da Zona Norte de São Paulo serão multadas mensalmente em R$ 3.800 pela não regularização de suas dependências às normas de acessibilidade para pessoas com necessidades especiais de locomação. Esses e outros 26 estabelecimentos da região foram inspecionados em maio deste ano em ação conjunta da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida com a Subprefeitura de Santana. Eles tiveram 30 dias para se regularizar, mas não cumpriram todas as determinações.

As multas serão cobradas até que os projetos regularizadores sejam apresentados na subprefeitura. Para isso, os estabelecimentos precisam solucionar problemas como banheiros sem barras de apoio, falta de acesso a pavimentos superiores, portas estreitas, presença de degraus em todas as entradas e falta de demarcação de vagas.

Carlos Martins, proprietário de uma das padarias multadas, a Paris Confeitaria, disse ter verificado a exigência das fiscalizações. "Eu pensei até então que estava tudo feito, tudo certinho, mas o porta-papel do banheiro ficou com uma diferença de 10 cm."

Outras três panificadoras já foram notificadas das irregularidades e também tem o prazo de 30 dias para se adaptarem às normas. A Subprefeitura de Santana deve visitar os estabelecimentos restantes nas próximas semanas.

Zona Leste

A Subprefeitura da Mooca, na Zona Leste de São Paulo, também realizou operações semelhantes em 25 estabelecimentos da região e constatou que em nove deles é necessária a realização de adequações.

De acordo com a secretaria, o objetivo não é multar, mas conscientizar os empresários do setor da importância de se cumprir as normas sobre acessibilidade.

veja também