MENU

Padrasto de 20 anos é suspeito de matar enteada

Padrasto de 20 anos é suspeito de matar enteada

Atualizado: Segunda-feira, 19 Março de 2012 as 10:54

A polícia prendeu um homem de 20 anos suspeito de matar a própria enteada de 1 ano e 5 meses em Miracema, no Noroeste do Rio.

Segundo a polícia, a criança foi encontrada morta dentro do berço, após ter sido espancada.

O crime ocorreu quando a menina ficou sozinha com o padrasto, enquanto a mãe, de 17 anos, tinha ido visitar uma tia.

"Não sei nem o que dizer. Quando cheguei, a minha filha estava com a cabeça inchada, caída no berço. Ouvi falar aqui na roça que ele maltratava ela longe de mim", relatou a mãe da menina.

A criança chegou a ser levada para o pronto socorro de Miracema, mas não resistiu. No domingo (18), os pais da menor estiveram na delegacia. O jovem conhece a mulher há 4 meses e morava com a família há 15 dias.

No mês passado, o Conselho Tutelar afirmou ter sido chamado pela Polícia Militar. “No carnaval a gente já tinha recebido uma denúncia de que a menina tinha ingerido pedras”, contou Eliane Nascimento, conselheira tutelar.

Em depoimento, o jovem preso negou as acusações e disse que estava dormindo. Segundo a polícia, ele não soube dizer como a menina foi morta.

O padrasto vai ser levado para o presídio de Itaperuna, também no Noroeste do estado e, se condenado, pode pegar de 12 a 30 anos de prisão.

veja também