Pai abandona filhos em bases da PM na Zona Sul de SP

Pai abandona filhos em bases da PM na Zona Sul de SP

Atualizado: Terça-feira, 12 Julho de 2011 as 2:10

Duas crianças, uma de 7 e outra de 11 anos, foram deixadas pelo pai em bases comunitárias da Polícia Militar, na Zona Sul de São Paulo, nesta segunda-feira (12). Segundo a polícia, após uma briga com a mulher, o homem pegou os dois filhos mais velhos, nesta segunda (11), e fugiu de Praia Grande, no litoral paulista, para a capital. Uma das crianças pediu que o pai parasse o carro porque estava com fome, desceu e quando voltou não encontrou mais ninguém.

De acordo com o menino de 7 anos, deixado em uma base da PM no Sacomã, na Zona Sul,  eles saíram de Praia Grande escondidos da mãe. A polícia informou que a mãe estava presa dentro de casa com o outro irmão, de 1 ano de idade. A criança contou à polícia que os pais brigaram no sábado (9). “Eu desci do carro para pegar um pão pra mim e pro meu irmão. O papai falou ‘já volto’ e não voltou”, completou o menino. A PM aguarda, nesta tarde, a chegada da mãe das crianças.

O outro irmão de 11 anos foi deixado em outra base da PM, na região da Represa Guarapiranga, também na Zona Sul. No início desta tarde, o pai seguia internado no Hospital do Campo Limpo, no setor de psiquiatria. “Quando ele desceu na base, ele teria falado para os policiais militares que teria a intenção de se matar, se jogar no meio do tráfego de veículos. Os policiais conversaram com ele e encaminharam para o Hospital do Campo Limpo”, explica o delegado Ricardo Neiva Igarashi.            

veja também