MENU

Pai e irmão de atriz muçulmana de Harry Potter vão a julgamento

Pai e irmão de atriz muçulmana de Harry Potter vão a julgamento

Atualizado: Terça-feira, 21 Dezembro de 2010 as 10:33

Irmão admite ter espancado atriz de 'Harry Potter' por causa de namoro

O irmão da atriz Afshan Azad, de 22 anos, que participou de filmes da série Harry Potter, admitiu ter espancado sua irmã por causa se seu relacionamento com um homem hindu.

Na ocasião, Afshan foi ameaçada de morte pelo pai, Abdul, de 53 anos, e teve que fugir pela janela da casa da família.

Abdul e a seu filho, Ashraf, de 28 anos, foram julgados em Manchester na segunda-feira, sem a presença da atriz, que não quis comparecer à corte para reafirmar seu depoimento original.

O incidente ocorreu em maio. Segundo o promotor do caso, Richard Vardon, Azad foi vítima de "uma desnecessária e desagradável agressão por parte de seu irmão". A causa da agressão teria sido a relação da garota com um jovem hindu, desaprovada pela família, que é muçulmana.

A atriz interpretou Padma Patil, uma colega de Harry Potter na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, nos filmes Harry Potter e o Cálice de Fogo e Harry Potter e as Relíquias da Morte.

"Prostituta"

Na época, Azad teria dito que seu pai e seu irmão ameaçaram matá-la. Segundo Vardon, ela acordou com os gritos do irmão que dizia ao pai: "Dê um jeito em sua filha! Ela é uma prostituta!".

A discussão teria continuado em bengali, idioma falado em Bangladesh, de onde vem a família.

De acordo com o depoimento de Azad, seu pai teria dito que a mataria, porque não queria que o filho "tivesse sangue nas mãos". Além disso, o pai da jovem teria dito que a forçaria a um casamento arranjado.

Após a discussão, Afshan Azad disse ter fugido de casa pela janela do quarto.

A atriz depois retirou algumas de suas afirmações, dizendo que não conseguia entender tudo o que seu pai dizia em bengali, e não poderia ter certeza de que ele ameaçou matá-la.

Ashraf Azad admitiu ter batido na irmã durante o julgamento, mas pai e filho foram inocentados das acusações de ameaçar de morte a atriz.

Ashraf foi solto sob fiança e aguarda sentença em 21 de janeiro de 2011. O juiz disse que ele poderá ser preso pela agressão à irmã.

O pai terá seu comportamento para com a filha monitorado nos próximos 12 meses.

veja também