MENU

Pais acreditam em futuro melhor para seus filhos no São Carlos

Pais acreditam em futuro melhor para seus filhos no São Carlos

Atualizado: Terça-feira, 8 Fevereiro de 2011 as 1:12

O clima é de esperança entre os moradores do Complexo do São Carlos, na região central do Rio de Janeiro, após a ocupação das forças de segurança no domingo (6) para a instalação de UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora). A grande maioria dos pais acredita que, para a nova geração da comunidade, a pacificação trará um futuro melhor.

Este é o caso da família Neves, comandada por dona Márcia, de 48 anos. Ela mora há quase 30 anos no morro São Carlos. Mãe de quatro filhos, já testemunhou muitas mudanças nolocal e acredita que, a partir de agora, a favela poderá ser mais tranquila. A mulhe também espera ver seus netos sendo criados com mais liberdade.

O filho da dona Márcia, Daniel Neves, de 28 anos, deseja que finalmente a paz chegue ao São Carlos. - Eu fui criado soltando pipa nas ruas, sem medo de bala perdida ou de ser usado no tráfico de drogas. Mas a partir de 2000, isso aqui virou um inferno. Espero que a situação fique tranquila.

Márcia ressaltou que não basta apenas polícia nas ruas para poder dar um futuro melhor para as crianças. - Polícia é melhor que traficantes andando armados pelas ruas, mas para um futuro melhor de meus netos é preciso muito mais. Creches, áreas de lazer, campos de futebol e outros lugares, onde a gente pode deixar nossos meninos sem medo. Essa turminha que está crescendo vai ver uma nova história no morro.

Ela torce para que as autoridades invistam na comunidade e que as crianças de hoje não trilhem o mesmo caminho de muitos dos amigos de seus filhos que acabaram morrendo cedo, com 18 ou 20 anos, nas mãos do tráfico.

- Já vi muitos morrendo, muita arma e droga. Sinceramente, espero que meus netos não precisem passar por isso. Sei que moramos em uma favela, mas acho que existe condição de ter mais infraestrutura.    

veja também