Pais e vizinhos de bebê que teve mão decepada no RJ prestam depoimento

Pais e vizinhos de bebê que teve mão decepada no RJ prestam depoimento

Atualizado: Quinta-feira, 10 Março de 2011 as 4:59

A Polícia Civil ouve os depoimentos, na tarde desta quinta-feira (10), dos pais e vizinhos do bebê de três meses que teve a mão decepada , em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O episódio ocorreu na quarta-feira (9). As informações foram confirmadas pelo delegado Marcus Henrique Oliveira, da 58ª DP (Posse), onde o caso foi registrado.

Segundo a polícia, a mãe disse em depoimento que deixou a criança e um outro filho, de 9 anos, na casa de uma vizinha, enquanto ia ao mercado. Na volta, a menina já estaria ferida. Além dos pais, também estão sendo ouvidos duas vizinhas, o filho e o marido de uma delas.

"Estamos em busca de informações sobre o que aconteceu e aonde foi parar a mão da criança. Para a polícia, ainda não há suspeito. Vamos ouvir todos os depoimentos e investigar o caso", disse o delegado.

Cirurgia

Segundo a Secretaria estadual de Saúde, a criança passou por cirurgia de ajuste, realizada por cirurgiões plásticos da unidade. Ela está sob a guarda do Conselho Tutelar.

Internada no CTI pediátrico do Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, em Caxias, a menina respira sem a ajuda de

aparelho, se alimenta e reage a estímulos. Seu quadro é considerado estável e não há previsão de alta.    

veja também