MENU

Para governador da BA, Palocci tem que prestar esclarecimentos

Para governador da BA, Palocci tem que prestar esclarecimentos

Atualizado: Sexta-feira, 3 Junho de 2011 as 4:08

Em encontro de presidentes estaduais do PT, que ocorre nesta sexta-feira (3) em Salvador (BA), o governador da Bahia, Jaques Wagner, declarou que não mudou de opinião sobre a necessidade de que o ministro da Casa Civil, Antônio Palocci, explique as denúncias sobre a evolução de seu patrimônio. A expectativa é que o ministro deva se manifestar ainda nesta sexta-feira sobre o assunto.

"Não acho que Palocci deva ser afastado, mas não mudei de posição, ele tem que prestar esclarecimentos", declarou Wagner.

O governador, contudo, afirmou que confia na "inocência do ministro" e que ele tem o direito de ser considerado inocente.

Wagner também declarou que não considera que a imagem da Presidência da República seja afetada pelas denúncias contra o ministro. Sobre o tempo que Palocci já levou sem dar explicações públicas, o governador afirmou acreditar que o ministro tem sua estratégia.

"Já são duas semanas, mas cada um tem sua estratégia de defesa. Ele deve estar estudando com os assessores, mas quanto mais demorar, mais a dúvida permanece. Se falar logo, ajuda a esclarecer mais rápido", declarou.

Campanha e reforma política

No debate, que ocorre a portas fechadas até o final da tarde, os membros do PT devem debater as alianças para as eleições municipais de 2012. Na entrada do evento, o presidente do diretório estadual na Bahia, Jonas Paulo, declarou que ainda é cedo para se falar em nomes.

"É muito cedo para anunciar candidaturas. Só devemos falar em nomes em meados do ano que vem", afirmou. Na reunião também será debatida a reforma política.

Nesta quinta-feira, em Brasília, o presidente do PT, deputado estadual Rui Falcão, destacou que dois pontos são prioritários para o partido. "É essencial o fincanciamento público exclusivo de campanha e o voto proporcional. Ainda queremos o voto em lista, mesmo que flexível", disse.          

veja também