MENU

Para Iglesias, Lula seria "excelente" candidato a Unasul

Para Iglesias, Lula seria "excelente" candidato a Unasul

Atualizado: Quarta-feira, 24 Novembro de 2010 as 2:51

O secretário-geral íbero-americano, Enrique Iglesias, declarou nesta quarta-feira que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva seria um "excelente" candidato para assumir a Secretaria-Geral da União de Nações Sul-Americanas (Unasul). Durante o café da manhã realizado num hotel em Madri, Iglesias garantiu que Lula tem todas as condições para ocupar o cargo deixado pelo ex-presidente da Argentina Néstor Kirchner, que morreu em outubro. Questionado se veria Lula à frente da Unasul, o uruguaio foi a favor: "Tomara. É um excelente candidato, mas seria preciso perguntar para ele". A designação do novo secretário-geral pode estar entre as pautas da cúpula da organização regional que está marcada para a próxima semana na Guiana.

Lula, que entregará o cargo da presidência do Brasil a Dilma Rousseff no dia 1º de janeiro, afirmou na terça-feira que "não tem planos nem intenções de assumir o cargo". Contudo, Iglesias se mostrou convencido de que Lula seguirá trabalhando a favor da América Latina. "Não consigo imaginar Lula pescando, mas trabalhando em coisas importantes, e seria muito bom para a região que seja assim", afirmou.

Na sua opinião, o líder brasileiro faz parte do grupo de chefes de Estado que conquistou uma alta popularidade e grande prestígio. Iglesias destacou os exemplos dos ex-presidentes Julio María Sanguinetti, do Uruguai, Ernesto Zedillo, do México, e Fernando Henrique Cardoso, do Brasil, além da chilena Michelle Bachelet, atual responsável pela agência ONU Mulheres. "De alguma forma, estamos construindo a imagem da nova realidade que temos na América Latina", declarou o secretário-geral íbero-americano. Ele considerou positivo o caso da Bolívia onde um país de maioria indígena tenha um Governo indígena, liderado por Evo Morales. "Apesar das divergências e distintas visões da condução do processo boliviano, é um país que está em paz, com uma revolução muito profunda", disse.

A respeito de Cuba, Iglesias avaliou que as reformas econômicas do presidente Raúl Castro "vão em boa direção" e elogiou a libertação de presos políticos para Espanha. "É um fato positivo que é preciso destacar", apontou.    

veja também