MENU

Paralisação de juízes federais adiará hoje audiências pelo país

Paralisação de juízes federais adiará hoje audiências pelo país

Atualizado: Quarta-feira, 27 Abril de 2011 as 8:08

Os juízes federais marcaram para hoje uma paralisação de 24 horas para pedir aumento salarial, equiparação de benefícios com membros do Ministério Público e mais proteção policial, principalmente para aqueles que atuam em causas criminais.

Segundo a assessoria da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil), os magistrados que aderirem ao movimento irão aos fóruns, mas só trabalharão em casos urgentes. As audiências marcadas para hoje serão reagendadas, segundo a Ajufe.

A Justiça Federal conta com cerca de 1.300 juízes de primeira instância e 130 de segundo grau, que atuam nos cinco Tribunais Regionais Federais do país.

Em enquete feita em março pela Ajufe, 74% dos 767 juízes consultados decidiram pela paralisação de um dia.

Os magistrados pedem a elevação dos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal em 14,79%, o que provocaria um "efeito cascata" para a categoria. A Ajufe diz que o percentual equivale às perdas causadas pela inflação nos últimos seis anos.

O aumento depende de aprovação do Congresso. O salário inicial dos magistrados federais é de aproximadamente R$ 22 mil.

O pedido de equiparação de benefícios em relação ao Ministério Público inclui a licença-prêmio por tempo trabalhado, a licença remunerada para estudos no exterior e o auxílio-alimentação.

veja também