MENU

Parte da capital sai do estado de atenção com redução das chuvas

Parte da capital sai do estado de atenção com redução das chuvas

Atualizado: Terça-feira, 21 Dezembro de 2010 as 4:54

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), órgão ligado à Prefeitura, retirou parte da capital do estado de atenção, com a redução da intensidade das chuvas. Às 16h desta terça-feira (21), as zonas Leste e Sudeste, além do Centro e da Marginal Tietê, retornaram ao estado de observação. Chuva forte atinge, por volta das 16h25, as regiões restantes – Norte, Oeste, Sul e Marginal Pinheiros -, justificando a permanência do estado de atenção.

Por causa da chuva forte, o CGE decretou estado de atenção em toda a cidade a partir das 15h10. As zonas Leste, Sudeste, Sul, Oeste e a Marginal Pinheiros já estavam sob atenção desde as 14h20. Às 16h25, o CGE não havia registrado pontos de alagamento na capital.

Choveu granizo nas cidades de São Bernardo do Campo e em Santo André, no ABC, e em Osasco, na Grande São Paulo. Osasco, aliás, foi um dos municípios mais castigados pelo temporal desta tarde, tendo suas ruas e avenidas alagadas em vários pontos. O tráfego nas vias próximas e na Rodovia Castello Branco era intenso, com diversos pontos de parada.

Segundo a ViaOeste, concessionária que administra a estrada, havia filas entre os km 22 e 20 da pista sentido capital, na região de Osasco. Imagens aéreas mostravam pessoas e carros ilhados. A prefeitura do município, porém, não possuía até as 16h registros de desabrigados nem de desalojados.

O Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul, operava apenas por instrumentos. O aeroporto Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, operava normalmente no visual. O Campo de Marte ficou fechado para aviões, mas aberto para helicópteros.

Radares já captavam por volta das 13h30 pancadas de chuva isoladas na Vila Prudente, São Mateus e Engenheiro Marsilac e em municípios da Grande São Paulo. A tendência para esta tarde é que novos núcleos de chuva se desenvolvam tanto dentro da capital quanto em cidades vizinhas da região metropolitana de São Paulo.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) as condições meteorológicas são favoráveis à ocorrência de chuva moderada a forte em São Paulo, com trovoadas, rajadas de ventos ocasionais e possibilidade de queda de granizo em áreas isoladas entre esta terça-feira (21) e a quarta-feira (22).    

veja também