MENU

Partido de Kassab 'reúne gente que está sobrando', diz tucano

Partido de Kassab 'reúne gente que está sobrando', diz tucano

Atualizado: Quinta-feira, 7 Abril de 2011 as 8:10

O deputado federal e presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, criticou nesta quarta-feira (6) o novo partido que está sendo criado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, o Partido Social Democrático (PSD).

"Eu não tenho nada pessoal contra o Kassab, mas aparentemente ele teve seus objetivos bloqueados no partido em que estava, aí decide fazer um partido que desbloqueie para ele os caminhos. E lança um projeto que reúne quem está sobrando em todos os outros partidos", afirmou Guerra.

A reportagem do G1 procurou a assessoria de imprensa do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, que informou que não cuida de assuntos ligados à criação do PSD e que ainda não há assessoria para o novo partido.

Para Guerra, o novo partido de Kassab vai contra a democracia. "Alguém pergunta se é partido de direita, de centro, de esquerda, e ele não tem certeza de qualquer posicionamento. Lança projeto que soma ressentimentos, isso não dá futuro, isso não é partido. A democracia deve acabar com partidos como esse. Lançar um partido assim é andar contra a história."

Kassab era aliado de uma das principais lideranças do PSDB, o ex-governador de São Paulo José Serra, de quem foi inclusive vice-prefeito.

Na terça (5), a senadora do DEM Kátia Abreu (TO) confirmou que deixaria seu partido e ingressaria no partido de Kassab. Em discurso no plenário nesta quarta, Kátia Abreu reafirmou sua saída do DEM e a ida para o PSD.

"Esta decisão não deriva de rompimento, briga ou dissidência, mas da constatação de que se esgotou um ciclo, e não apenas um ciclo pessoal, mas conjuntural, político, um ciclo da vida partidária brasileira", disse a senadora.

Kátia Abreu negou que a criação do PSD sirva à propósitos pessoais. "Lideranças como Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo, e Guilherme Afif Domingos, vice-governador de São Paulo, (...) ocupam cargos de grande influência, têm luz própria e não precisam se expor a desafios desse porte."

veja também