MENU

Passa de 520 o número de mortes na região serrana do Rio de Janeiro

Passa de 520 o número de mortes na região serrana do Rio de Janeiro

Atualizado: Sexta-feira, 14 Janeiro de 2011 as 3:19

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Nova Friburgo, na região serrana do Rio de Janeiro, informou na tarde desta sexta-feira (14) que subiu para 234 o número de mortos na cidade em consequência das chuvas.

Com isso, sobe para 526 o total de mortes na região serrana, no pior desastre causado por chuvas na história do país. Foram resgatados 228 corpos em Teresópolis, 41 em Petrópolis, 19 em Sumidouro e quatro em São José do Vale do Rio Preto. O balanço se refere ao número de corpos resgatados que deram entrada no IML, além de informações passadas pelas prefeituras locais.

Tragédia das chuvas O forte temporal que atingiu o Estado do Rio de Janeiro na terça-feira (11) deixou centenas de mortos e milhares de sobreviventes desabrigados e desalojados, principalmente na região serrana. As cidades de Nova Friburgo, Teresópolis, Petrópolis, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto foram as mais afetadas. Serviços como água, luz e telefone foram interrompidos, estradas foram interditadas, pontes caíram e bairros ficaram isolados. Equipes de resgates ainda enfrentam dificuldades para chegar a alguns locais.

O governo federal, o Estado e as prefeituras se mobilizam para liberar verbas. Empresas públicas e privadas, além de ONGs (Organizações Não Governamentais), recebem doações.

Os corpos identificados e liberados pelo IML (Instituto Médico Legal) começaram a ser enterrados nesta quinta-feira (13).

Hospitais estão lotados de feridos. Médicos apelam por doação de sangue e remédios. Os próximos dias prometem

ser de muito trabalho e expectativa pelo resgate de mais sobreviventes.

veja também