MENU

Paulo Paim lembra Dia Mundial do Meio Ambiente e pede entendimento para votação do Código Florestal

Paulo Paim lembra Dia Mundial do Meio Ambiente e pede entendimento para votação do Código Florestal

Atualizado: Segunda-feira, 6 Junho de 2011 as 4:09

Primeiro senador a discursar nesta segunda-feira (6), Paulo Paim (PT-RS) registrou a passagem do Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia (5 de junho). Ele disse que a data foi lembrada em eventos por todo o Brasil para ressaltar a importância da reflexão sobre o respeito à natureza.

Nos últimos dez anos, disse Paim, 13 milhões de hectares de florestas nativas foram devastados no mundo. No Brasil, acrescentou o senador, 165 mil quilômetros quadrados de floresta foram desmatados apenas entre 2000 e 2005. - Mesmo o Brasil diminuindo as áreas desmatadas, processo iniciado na década passada, continuamos em primeiro lugar no ranking do desmatamento no mundo - afirmou.

Paim também pediu que os senadores procurem "a linha do entendimento e do bom senso" durante os debates e discussões acerca do novo Código Florestal.

- Temos de ouvir tanto os ambientalistas como os produtores rurais para que, com tranquilidade, com diálogo franco e aberto, possamos avançar, fazendo aquilo que é o melhor para o Brasil e para o planeta - disse.

Para o senador, a preservação do meio ambiente e a produção agropecuária podem coexistir no Brasil. Ele defendeu a prerrogativa dos senadores de negociarem mudanças no texto do Código Florestal para que a nova lei corresponda às necessidades do país e aos anseios da população.

Em apartes, os senadores Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), João Pedro (PT-AM) e Ana Amélia (PP-RS) elogiaram o pronunciamento do colega e também defenderam um grande debate no Senado sobre o Código Florestal.

Ana Amélia afirmou que o entendimento entre produtores rurais e ambientalistas é necessário e prioritário. A senadora gaúcha também declarou que o produtor rural brasileiro é "consciente, tem responsabilidade social" e sabe da importância da preservação ambiental.

Rollemberg disse acreditar que os senadores conseguirão apresentar ao Brasil um Código Florestal "moderno, realista e fruto de um grande entendimento". João Pedro disse que o Senado deve promover alterações no texto do novo código principalmente em relação às Áreas de Preservação Permanente (APPs).

Paulo Paim também prestou homenagem aos cinco camponeses e ambientalistas assassinados recentemente no estado do Pará. Ele solidarizou-se com seus familiares e lamentou que, apenas em 2010, 30 outros líderes do campo tenham sido assassinados no Brasil. Nos últimos 30 anos, acrescentou Paim, 1.580 pessoas foram mortas devido a conflitos no campo.

- Esses acontecimentos brutais são o exemplo típico de que o diálogo e a tolerância são fundamentais para o respeito ao meio ambiente e o respeito àqueles que produzem, que trabalham a terra para que o alimento chegue às nossas mesas - avaliou Paim.            

veja também