MENU

Pedaços de madeira sustentam brinquedos em parque de Fortaleza

Pedaços de madeira sustentam brinquedos em parque de Fortaleza

Atualizado: Terça-feira, 30 Agosto de 2011 as 11:12

Parque instalado no Bairro Mucuripe, em Fortaleza, desde segunda-feira (29), tem brinquedos sustentados por pedaços de madeira, cabos de energia colocados na área de passagem das pessoas e ferros de sustentação corroídos, segundo moradores. Pais estão preocupados com a insegurança no local.

A auxiliar de produção, Daniele Ribeiro,  não se sente segura ao deixar o filho brincar no parque, e diz que só permite o acesso do menino em brinquedos que não apresentam riscos à segurança. “A gente fica de olho, atenta, ainda mais depois dos acidentes que aconteceram. Não deixo ele andar em alguns brinquedos porque não acho seguro”, diz Daniele.

Eliane Silva também leva o filho para brincar no parque e o maior medo dela é o risco de choque. “Não deixo ele ir nos brinquedos altos ou que tenham velocidade. Olho tudo antes de deixá-lo brincar, mas principalmente a parte de eletricidade, já que tudo aqui tem ferro”, diz a mãe.     Os brinquedos vão ficar no local durante as festividades da Igreja de Nossa Senhora das Dores,  diz Luiz Fernandes, responsável pelo parque. Segundo ele, nos últimos três meses, o parque foi vistoriado quatro vezes pelo Corpo de Bombeiros e em todas recebeu autorização para funcionar.  A cada ano, durante as festividades da igreja, o parque se instala no local.

Irregularidades

De acordo com a engenheira civil do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Ceará, Marli Parente, os brinquedos não podem, em nenhuma situação, serem sustentados por pedaços de madeira. "É irregular, não é um procedimento aceito pelo Crea e seria motivo suficiente para notificar o parque".

Fiscalizações

Para funcionar de forma legal, o parque precisa de liberação da prefeitura. De acordo com a Prefeitura de Fortaleza, o processo de liberação do espaço ainda está em fase de de conclusão. Mesmo após a liberação, o parque ainda precisa de documentos expedidos pelo Corpo de Bombeiros e pelo Crea que autorizem o funcionamento do parque.

O Crea-CE informou ao G1 que não foi feito nenhuma fiscalização pelo Conselho, mas que ainda nesta terça-feira (30), um técnico deverá ir ao local. O Corpo de Bombeiros informou também que irá fazer as fiscalizações necessária no parque também nesta terça-feira.        

veja também