Pedreiro é morto a facadas em condomínio de Sobradinho, no DF

Pedreiro é morto a facadas em condomínio de Sobradinho, no DF

Atualizado: Segunda-feira, 22 Agosto de 2011 as 11:53

Um pedreiro foi morto a facadas no condomínio RK em Sobradinho, na noite deste domingo (21). O crime ocorreu no conjunto "d" da rua Centaurus. Segundo testemunhas, o homem de 28 anos foi esfaqueado depois de uma discussão com um colega de serviço.

A confusão aconteceu em um terreno que fica a 60 metros de onde foi encontrado o corpo do pedreiro. No local moram pelo menos 20 pessoas. “Depois que ele foi esfaqueado, saiu correndo atrás do cara. Não sei o motivo da briga”, conta a dona de casa Elizabete de Jesus.

Um dos seguranças do condomínio, ao tentar separar os dois, foi atingido no joelho com a faca. “Quando ele veio, agarrei um e empurrei o outro. Aí o outro arrancou a faca e ia me dar uma facada nas costas. Só que escorregou e pegou minha perna”, diz o segurança João Pereira Neto.

O suspeito conseguiu fugir, mas foi preso minutos depois com sintomas de embriaguês. Ele foi encaminhado para a 13ª delegacia, em Sobradinho, e pode responder por homicídio e tentativa de homicídio.     Os moradores do condomínio RK reclamam. “A insegurança aqui é total. A cada dia você fica sem saber, sem poder deixar as crianças. Sem falar nas drogas, que estão tendo um índice terrível”, fala a servidora pública Cláudia Franco.

A síndica do condomínio, Vera Barbieri, ressalta que, apesar das reclamações, os relatos são casos isolados e a segurança no condomínio é suficiente.

“Temos pouquíssimas ocorrências nas nossas estatísticas, levando em consideração que somos uma comunidade flutuante de dez mil pessoas. Não temos situações de arrombamentos, de violência. Essa situação [assassinato do pedreiro] é muito especial."          

veja também