MENU

Pelo menos 23 pessoas ficam feridas em confronto entre policiais em São Paulo

Pelo menos 23 pessoas ficam feridas em confronto entre policiais em São Paulo

Atualizado: Sexta-feira, 17 Outubro de 2008 as 12

Pelo menos 23 pessoas ficam feridas em confronto entre policiais em São Paulo

Pelo menos 23 pessoas ficaram feridas nesta quinta-feira, dia 16 de outubro, durante confronto entre policiais civis e militares em São Paulo. Os policiais ivis, em greve há exatamente um mês, faziam uma passeata de protesto do estádio do Morumbi ao Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, quando foram impedidos de prosseguir pela PM. As ruas que cercam o Palácio dos Bandeirantes são consideradas área de segurança e manifestações são proibidas nesses locais.

Em comunicado, o Hospital Israelita Albert Einstein informou que recebeu 13 vítimas do confronto e que nenhum deles estava em estado grave. Segundo o superintendente do hospital, Luís Fernando Aranha Camargo, até às 19h, cinco das vítimas já haviam sido liberadas.

A unidade Morumbi do Hospital São Luiz informou que recebeu cinco policias civis feridos, que foram atendidos pela equipe médica e já liberados. Um dos pacientes atendidos sofreu queimaduras de terceiro grau na região abdominal e outro teve fraturas expostas no segundo dedo da mão direita. O Hospital Itacolomy afirma ter recebido também cinco pessoas e que todas foram liberadas.

Procurada pela Agência Brasil, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) disse que ainda não pretende se pronunciar sobre o confronto. A Polícia Militar disse que não fará nenhum pronunciamento e que isso caberá somente à SSP.

A assessoria de imprensa do Palácio dos Bandeirantes também disse que não se pronunciaria, pois o governador José Serra já havia dado entrevistas sobre a greve. Em evento hoje, antes do confronto entre os policiais, Serra reiterou à imprensa que só negociará reajuste salarial com os policias civis quando a greve terminar.

veja também