MENU

Pelo menos 87 famílias são retiradas de áreas de risco na zona oeste de SP

Pelo menos 87 famílias são retiradas de áreas de risco na zona oeste de SP

Atualizado: Quinta-feira, 10 Fevereiro de 2011 as 1:09

A Secretaria Municipal de Habitação informou que pelo menos 87 famílias estão sendo retiradas de áreas de risco na região do córrego Água Branca, na zona oeste de São Paulo, nesta quinta-feira (10). 

Dessas, 30 já eram cadastradas em um programa de urbanização da favela do Sapo e por isso vão receber o Aluguel Social, no valor de R$ 300.

As outras 57 invadiram a área recentemente e, segundo a Secretaria, depois do cadastramento, devem retornar às comunidades originais e aguardar para que os locais também sejam urbanizadas.

De acordo com a secretaria, o cadastramento na região foi feito em dezembro de 2009, quando 455 famílias estavam na área. Dessas, 50 já recebiam o Aluguel Social e, com as 30 retiradas nesta quinta, o número passa a ser de 80 famílias. As 375 famílias restantes do cadastro receberam Verba de Apoio Habitacional de dois tipos, segundo critério de composição familiar.    

veja também