MENU

Perdas da safra de soja argentina favorecem produtores gaúchos

Perdas da safra de soja argentina favorecem produtores gaúchos

Atualizado: Terça-feira, 4 Janeiro de 2011 as 8:41

Ainda que o governo argentino tenha estimado uma colheita de 52 milhões de toneladas de soja, especialistas projetam que a safra seja de 43 milhões de toneladas — 21,8% a menos do que em 2009. A previsão de escassez do produto movimenta o mercado internacional, gerando elevação no preço da commodity, que beira os US$ 14 o bushel, valor que a Bolsa de Chicago não registrava desde junho de 2008. O aquecimento no mercado anima o produtor gaúcho.

Pasto amarelado, gado magro, plantações de diversas culturas secas. Assim é o cenário das terras argentinas a poucos quilômetros da fronteira de Uruguaiana. Localizada em uma das regiões mais castigadas pelo fenômeno La Niña, a estância Timboy, em Monte Caseros, a 400 quilômteros de Buenos Aires, já calcula os prejuízos. O capataz da propriedade, Ricardo Passarella, diz que, dos 230 hectares de soja plantados normalmente em setembro, neste ano, só foram semeados cem.

— Ainda nem sabemos se vamos colher nesta área porque a planta está pouco desenvolvida para a época devido à seca — diz Passarella.

veja também