MENU

Perícia apura causas de acidente com aviões da FAB em SP

Perícia apura causas de acidente com aviões da FAB em SP

Atualizado: Quinta-feira, 7 Julho de 2011 as 12:31

A perícia que apura as causas do acidente envolvendo dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB), ocorrido nesta quarta-feira (6), em Pirassununga, no interior de São Paulo, retomou os trabalhos na manhã desta quinta (7). Os quatro ocupantes das duas aeronaves morreram.

Por volta das 10h desta quinta, os corpos estavam sendo velados na Academia da Força Aérea (AFA) e serão levados para as cidades de origem das vítimas. Os corpos das vítimas – os capitães Tibério César Corvello Vitola e Alex Araújo Affonso Rego e os tenentes André Luiz Franchi Grigoletto e Jamil Nazif Rasul Neto – foram resgatados nesta quarta. Apenas Grigoletto era de Pirassununga e será enterrado na cidade ainda nesta quinta-feira. Tibério César Corvello Vitola era do Rio Grande do Sul, e as outras duas vítimas, do Rio de Janeiro.     Cada aeronave levava um piloto e um instrutor. Segundo a FAB, as aeronaves faziam um treinamento de pilotos da AFA. As duas aeronaves são modelos T-25 Universal, usados pela Aeronáutica na instrução avançada de cadetes.

O acidente ocorreu logo após os T-25 decolarem para voo de treinamento para uma apresentação prevista para ser realizada em uma formatura na próxima sexta-feira (8) na AFA. As aeronaves teriam colidido quando estavam lado a lado, ainda se agrupando para a simulação.

Os aviões caíram em um canavial que fica em uma fazenda. Eles estavam a cerca de 200 metros do chão quando ocorreu a queda. Outros dois aviões participavam do treinamento - os pilotos já prestaram depoimento.

Todos os oficiais tinham mais de mil horas de voo de experiência cada e estavam acostumados com o treinamento – eles faziam pelo menos dois voos como o ocorrido nesta quarta por dia.          

veja também