MENU

Pesquisa mostra que curitibanos se embriagam pouco

Pesquisa mostra que curitibanos se embriagam pouco

Atualizado: Quarta-feira, 23 Junho de 2010 as 9:31

Curitibanos são os que menos consomem bebida alcoólica em excesso, em comparação com habitantes das outras capitais brasileiras. Por outro lado, eles ocupam o terceiro lugar na proporção de fumantes, aponta a pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), do Ministério da Saúde.

Enquanto 18,9% da população brasileira admitiram exagerar na bebida, índice que cresceu nos últimos três anos, 13,9% dos curitibanos disseram exceder no álcool.

O Ministério da Saúde considera excesso de bebida alcoólica cinco ou mais doses na mesma ocasião em um mês, no caso dos homens, ou quatro ou mais doses, no caso das mulheres.

“Historicamente Curitiba demonstra essa porcentagem baixa, mas há uma tendência de consumo crescente entre os jovens”, ressalta a responsável pelo Centro de Epidemiologia da Secretaria de Saúde de Curitiba, Karin Regina Luhm. O maior índice foi verificado em Salvador, onde um quarto da população admitiu exagerar no álcool.

Entre os homens é mais frequente o descontrole com a bebida e, principalmente, entre os jovens de 18 a 24 anos, o que é considerado preocupante pelo Ministério da Saúde, por ser fator de risco para acidentes de trânsito, violência e doenças.

Para frear o consumo de álcool, o Ministério da Saúde apoia medidas restritivas como a proibição da propaganda de cervejas, cujo projeto tramita no Congresso Nacional, e a elevação no preço das bebidas.

veja também