MENU

Pesquisadora diz que programas de alimentação precisam de ações educativas

Pesquisadora diz que programas de alimentação precisam de ações educativas

Atualizado: Quinta-feira, 12 Agosto de 2010 as 2:44

Projetos governamentais que visam à garantia de alimentação são eficazes, no entanto precisam estar aliados a ações educativas. A avaliação é da pesquisadora do Departamento de Nutrição da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Sandra Chaves. Ela falou sobre os programas de Alimentação do Trabalhador (PAT) e o Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), implementados no país em 1976 e 1954.

“Ambos contribuem, em alguma medida, na promoção do acesso ao direito à alimentação, mas precisam de ações no campo da educação alimentar e nutricional”, afirmou Sandra no último dia do seminário Indicadores e Monitoramento da Realização do Direito Humano à Alimentação Adequada no Brasil, em Brasília.

Segundo ela, a falta de ações que criem hábitos alimentares saudáveis pode provocar o excesso de peso. “Existem vários estudos que associam o PAT ao sobrepeso”, acrescentou.

A nutricionista também destacou a necessidade de sistemas de monitoramento para avaliar melhor o resultado dos projetos. Ela disse que o PAT é pouco estudado pelo meio acadêmico e o Pnae tem estudos municipais, mas precisa de avaliações gerais.

O diretor do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase) e ex-presidente do Conselho Nacional de Segurança Alimentar (Consea) Francisco Menezes ressaltou que, apesar do impacto positivo do Programa Bolsa Família no acesso à alimentação, é preciso focar nos projetos voltados para a segurança alimentar.

À tarde, será discutida no seminário a produção de conhecimento e fomento à pesquisa em segurança alimentar e nutricional no Brasil.

veja também