MENU

Petistas avaliam nomes para ocupar cargos do Senado

Petistas avaliam nomes para ocupar cargos do Senado

Atualizado: Terça-feira, 11 Janeiro de 2011 as 3:42

Os senadores eleitos pelo PT passaram a manhã de hoje (11) avaliando os nomes que vão compor a liderança do partido, a partir de fevereiro, e os que ficarão com a 1ª vice-presidência do Senado e a presidência da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Segundo o deputado Humberto Costa (PE), eleito em outubro para o Senado, não está descartado o adiamento da escolha do 1º vice-presidente e dos representantes do PT nas comissões permanentes.

Costa informou à Agência Brasil que, na reunião da bancada, prevista para as 15h, colocará seu nome para avaliação dos colegas, mas ressaltou que as "conversas preliminares" entre os senadores eleitos é que definirão se as escolhas serão adiadas.

"O ideal seria que escolhêssemos hoje o nome do novo líder da bancada para que ele pudesse, a partir daí, conversar e buscar o entendimento para as indicações dos cargos. Mas vamos ver como será o encaminhamento na reunião", disse Costa. Para ele, se for preciso, o ideal seria marcar a próxima reunião para o dia 24 próximo.

Costa lembrou que a 1ª vice-presidência estava sendo postulada por Marta Suplicy (SP), Delcídio Amaral (MS) e José Pimentel (CE). Ele disse que conversou com os senadores Lindbergh Farias (RJ), Eduardo Suplicy (SP) e Marta Suplicy (SP). Após deixar a liderança do PT, onde foram feitas essas reuniões informais, Marta foi ao gabinete de Delcídio, para outra conversa, da qual participou também Lindbergh.

A senadora eleita confirmou que, dependendo da reunião desta tarde, a decisão sobre as indicações para os cargos pode ficar para outra data. Ela disse que passou a manhã "articulando, por telefone, com outros senadores" na tentativa de garantir sua indicação para a 1ª vice-presidência. "O assunto está bem encaminhado, no sentido de eu ser a candidata à 1ª  vice-presidência, e o Humberto [Costa], à liderança do partido."

O senador Eduardo Suplicy, por sua vez, não quis antecipar praticamente nada do que tem conversado com os colegas de partido. Ele apenas disse que, se a data de escolha for transferida, terá que ser para o dia 31 de janeiro, véspera da posse dos novos senadores e da eleição da Mesa Diretora. No dia 24, Suplicy estará no Marrocos, a convite do governo daquele país, para expor o seu programa de renda mínima.

Por: Marcos Chagas

veja também