MENU

PF faz operação contra corrupção e lavagem de dinheiro na Receita

PF faz operação contra corrupção e lavagem de dinheiro na Receita

Atualizado: Quarta-feira, 11 Maio de 2011 as 11:26

A Polícia Federal (PF) realizou, nesta quarta-feira (11), a "Operação Incongruência", que tem o objetivo de interromper a ação de um grupo que cometeria corrupção ativa e lavagem de dinheiro. Os suspeitos são funcionários de alto escalão da Receita Federal de Pernambuco e Alagoas. A PF estima que o prejuízo aos cofres públicos tenham chegado a R$ 12 milhões.

O ex-chefe da Delegacia da Receita Federal de Caruaru, Saulo de Tarso, foi preso em Maceió e levado para a Superintendência da PF na capital alagoana. Ele é investigado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

saiba mais

A investigação, segundo a PF, começou há dois anos no Recife, em Jaboatão dos Guararapes (PE), Caruaru (PE), Gravatá (PE), Maceió e Maragogi (AL).

Os policiais cumpriram 17 mandados de prisão preventiva e um de busca e apreensão. As equipes da PF estiveram em cerca de 40 imóveis de luxo, que teriam sido comprados pelos funcionários da Receita Federal, o que caracterizaria a incompatibilidade dos bens com os salários dos investigados.

veja também