MENU

PF indicia "aloprado" Valdebran e mais 45 por desvios na Funasa

PF indicia "aloprado" Valdebran e mais 45 por desvios na Funasa

Atualizado: Quarta-feira, 14 Abril de 2010 as 12

A Polícia Federal de Mato Grosso indiciou 46 pessoas por envolvimento com o suposto esquema de desvio de verbas da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) e dos ministérios da Saúde e das Cidades.

Na lista, constam os nomes do "aloprado" Valdebran Padilha e de seu irmão Waldemar Padilha, ambos empreiteiros e apontados como beneficiários de contratos e licitações fraudadas que teriam, segundo a PF, resultado em um rombo de pelo menos R$ 51 milhões desde 2006.

Ambos foram presos na semana passada durante a operação Hygeia - na qual foram cumpridos 35 mandados de prisão e 76 de busca e apreensão em Mato Grosso, no Distrito Federal e em outros três Estados. Segundo a PF, os três inquéritos da investigação serão concluídos até a próxima sexta-feira, mas novas linhas de investigação serão abertas em razão dos depoimentos e do material apreendido.

De acordo com nota oficial da PF, "no desmembramentos das investigações, a Polícia encontrou indícios de outros crimes e a instauração de novos inquéritos deverá ser feita, entretanto, os procedimentos correm separadamente".

Por: Rodrigo Vargas

veja também