MENU

PF prende policiais em operação contra contrabando na fronteira

PF prende policiais em operação contra contrabando na fronteira

Atualizado: Quinta-feira, 17 Novembro de 2011 as 2:48

O superintendente Regional da Polícia Federal (PF) no Paraná, José Alberto Iegas, afirmou em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (17), em Curitiba, que os policiais presos na "Operação Láparos" , que está sendo realizada em seis estados brasileiros contra os crimes de contrabando e corrupção, vão ficar a disposição da Justiça Federal.

Mais de 50 pessoas foram presas até as 12h30. Dentre elas, pelo menos 20 são policiais, segundo a PF.

"Infelizmente é uma realidade que vivemos principalmente em relação a participação de agentes públicos no contrabando e descaminho na região de fronteira. Essa ação serviu para reprimir esse tipo de prática que é totalmente condenável por nossa sociedade. Após a formalização das suas detenções, os policiais serão entregues às corporações e devem ficar à disposição da Justiça", disse Iegas. Até o final da operação serão cumpridos 108 mandados de prisão e 150 de busca e apreensão. Entre esse grupo estão envolvidos 13 policiais estaduais civis, 29 militares e dois rodoviários federais.

Os demais presos serão recolhidos, em cada região, aos locais determinados pela autoridade competente, que indicará penitenciárias, cadeias ou delegacias para o cumprimento das prisões preventivas, também à disposição da Justiça Federal. A ação ocorre em 38 cidades paranaenses, quatro em São Paulo, três no Mato Grosso do Sul, três em Minas Gerais, uma no Mato Grosso e uma em Rondônia.

Ao longo de 14 meses de investigações, a operação já prendeu 222 pessoas em flagrante e apreendeu mais de três milhões de pacotes de cigarros contrabandeados, 6,5 toneladas de agrotóxicos, 109 caminhões, 13 embarcações e 76 automóveis.

Segundo Iegas, na Delegacia de Assis Chateaubriand, no oeste do PR, dos 15 policiais civis, 12 foram presos.        

veja também