MENU

Piloto de MT leva tiro nas costas em durante tentativa de assalto

Piloto de MT leva tiro nas costas em durante tentativa de assalto

Atualizado: Segunda-feira, 4 Julho de 2011 as 10:50

O piloto de avião Jackson Fugihara, de 33 anos, sofreu uma tentativa de assalto no final da tarde deste domingo (3) quando deixava o aeroporto de Sapezal, a 473 quilômetros de Cuiabá. Ele estava em uma caminhonete, acompanhado de um colega, que também é piloto. De acordo com o investigador da Polícia Civil do município, Jorge Daniel da Silva, Jackson levou um tiro nas costas e foi encaminhado em estado grave para uma unidade hospitalar da capital.

A vítima estava no veículo como passageiro e, no momento que o motorista avistou no hangar um homem encapuzado vindo na direção deles, tentou fugir. No entanto, outros três criminosos armados surgiram e efetuaram vários disparos contra o veículo, sendo que um deles atingiu Jackson. O outro piloto não sofreu nenhum ferimento.

O piloto que estava ao volante parou o automóvel e os bandidos levaram os objetos pessoais dos dois, entre eles relógios e carteiras. A polícia, porém, trabalha com a hipótese de que a intenção da quadrilha era roubar uma aeronave que estava no local, mas desistiu depois que as vítimas tentaram fugir da abordagem. "Quando viram que o piloto havia sido gravemente ferido, eles desistiram de roubar a aeronave", avaliou o investigador.

No aeroporto, a polícia encontrou vestígios de um carro e de uma motocicicleta. Segundo o investigador, há a suspeita de que essa mesma quadrilha tenha roubado uma carreta na noite deste sábado (2). O motorista foi abordado por quatro homens encapuzados, conforme consta no boletim de ocorrência, e um deles dirigiu o veículo por cerca de 15 quilômetros em uma estrada de Sapezal, em direção a Campo Novo do Parecis, a 397 quilômetros de Cuiabá.

No percurso, eles mantiveram a vítima refém e teriam lhe informado que o único interesse deles era roubar a carreta, que seria levada para a Bolívia. O motorista foi deixado em um matagal. Os assaltantes ainda levaram a carteira, contendo R$ 1,3 mil em dinheiro, além dos documentos pessoais, e uma corrente de ouro.            

veja também