MENU

Piloto do avião que caiu substituía colega

Piloto do avião que caiu substituía colega

Atualizado: Quarta-feira, 13 Julho de 2011 as 2:22

O irmão de Roberto Gonçalves, 55, piloto do avião que caiu na manhã desta quarta-feira (13) no Recife, matando 16 pessoas, afirmou que o irmão estava substituindo um colega que não pôde trabalhar hoje e que com frequência reclamava de problemas mecânicos nas turbinas das aeronaves da empresa Noar.

“Hoje ele substituiu um colega que, por problemas pessoais, não pôde fazer esse voo. Ele ligou ontem para meu irmão pedindo para ele substituí-lo”, afirmou Jairo Gonçalves, 50. “Ele sempre se queixava de falhas mecânicas nas turbinas e problemas na parte elétrica dos aviões. A última queixa que ele fez foi há três meses”, disse.

Segundo Jairo, o irmão morava em Paulista, no Grande Recife, deixou seis filhos, e trabalhava há 20 anos como piloto --dois na Noar. Um dos filhos de Roberto também é piloto de avião. O piloto chegou a informar à torre de controle que estava com problemas e que faria um pouso forçado, segundo informações da Aeronáutica.

A aeronave é um bimotor LET-410, fabricado pela empresa tcheca Let Aircraft, e saiu do aeroporto do Recife às 6h51 com destino à cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, com previsão de escala em Natal. A empresa informa que as habilitações técnicas e os certificados de capacitação física dos pilotos estavam regulares.          

veja também