MENU

Piracema termina com redução de 20% nas apreensões de peixes em SP

Piracema termina com redução de 20% nas apreensões de peixes em SP

Atualizado: Quarta-feira, 2 Março de 2011 as 8:46

O número de apreensões de peixes e equipamentos de pesca durante a piracema, período de reprodução dos peixes na qual a pesca é proibida, caiu 20% este ano em São Paulo em relação ao mesmo período de 2010. Segundo a polícia, as causas são o aumento da multa mínima, que passou de R$ 1 mil para R$ 10 mil, a fiscalização mais intensa e a conscientização dos pescadores.

Em quatro meses de pesca proibida foram apreendidas na região de São José do Rio Preto quase 2 toneladas de peixes e realizadas mais de 200 autuações.

Em Anhembi, a polícia ambiental encontrou em uma única casa 300 kg de peixes, entre eles espécies que não podem ser pescadas durante a piracema. Os donos da casa foram presos e multados em quase R$ 1 milhão.

Em Pirassununga, duas pessoas também foram presas por pesca ilegal nos últimos quatro meses. Foram apreendidos 52 kg de peixe, 1.100 metros de redes e mais de 150 equipamentos de pesca.

Na região de Presidente Prudente foram 75 autuações e 589 apreensões. Com o fim da piracema, nesta terça-feira (1º), as fiscalizações continuam em todo o estado, porque ainda há restrições.    

veja também