MENU

Pista norte da Imigrantes permanece fechada

Pista norte da Imigrantes permanece fechada

Atualizado: Sexta-feira, 16 Setembro de 2011 as 8:09

Mau tempo foi um dos responsáveis pelo engavetamento (Foto: Evelson de Freitas/Agência Estado)

Após o engavetamento que envolveu cerca de 150 carros na Imigrantes, corredor de ligação entre São Paulo e a Baixada Santista, a pista norte da estrada permanecia fechada ao amanhecer desta sexta-feira (16). Segundo a Ecovias, concessionária que administra a rodovia, restava ainda a retirada de uma carreta e a limpeza do asfalto para que a pista fosse liberada ao trânsito. Às 6h, a pista norte da rodovia completou 17 horas de interdição. Não há, porém, previsão para liberação da pista informou a Ecovias. Segundo a concessionária, o trabalho de limpeza seria minucioso porque muito óleo foi derramado na estrada após as colisões sucessivas de quinta-feira (15).

O trabalho de remoção do que sobrou dos carros, ônibus, caminhões e carretas não parou durante a madrugada. A Imigrantes virou um pátio de restos de veículos retorcidos. Foram dois quilômetros de engavetamentos na pista de subida em São Bernardo do Campo, região do ABC paulista. Um caminhoneiro morreu e pelo menos 29 pessoas se feriram, dentre elas duas pessoas em estado grave. Os feridos foram levados para hospitais de Santo André e Diadema, no ABC, e Cubatão, na Baixada Santista.     Os motoristas que estão no litoral podem utilizar a pista norte da Via Anchieta e a pista sul da Imigrantes – esta última normalmente é usada para a descida, mas teve seu sentido alterado por volta das 17h50 de quinta devido ao acidente - para subir a Serra do Mar em direção à capital paulista.

A descida da serra em direção ao litoral vem sendo feita apenas pela pista sul da Anchieta. Ao longo da madrugada, os veículos seguiam em operação comboio a partir das praças de pedágio. À 1h, a visibilidade estava em torno de 70 metros.

Acidente

O acidente se estendeu por aproximadamente 2 km, segundo a Polícia Militar (PM). Os carros começaram a se chocar no trecho de planalto, em São Bernardo. Alguns caminhões e carros pegaram fogo.

No momento da batida e ao longo da tarde e da noite desta quinta, o local foi tomado por uma neblina muita densa, além de garoa. Para a PM, a baixa visibilidade é a causa mais provável do engavetamento.

De acordo com o delegado geral de polícia de São Paulo, Marcos Carneiro de Lima, devido à gravidade do acidente a investigação deverá ser conduzida pela Delegacia Seccional de São Bernardo do Campo. “Eu mesmo vou ligar para o delegado seccional [Rafael Rabinovich] para que ele dê todo o suporte necessário para ouvir as vítimas”, disse. Ainda segundo o delegado geral, a Polícia Civil irá apurar se o acidente teve características criminosas ou se foi uma fatalidade.          

veja também