MENU

Playcenter reabre após acidente

Playcenter reabre após acidente

Atualizado: Sexta-feira, 8 Abril de 2011 as 11:27

O Playcenter, parque de diversões na Zona Oeste de São Paulo, volta a abrir nesta sexta-feira (8) pela primeira vez após o acidente ocorrido no último domingo (3), quando oito pessoas ficaram feridas após serem arremessadas do brinquedo Double Shock. De acordo com a assessoria do parque, a abertura será às 11h. Entretanto, esta sexta está reservada para excursões previamente agendadas – por isso, não será possível comprar ingressos avulsos para entrar no parque.

A partir deste sábado (9), o parque volta a abrir para o público em geral, das 11h às 19h. Ainda segundo o parque, os brinquedos funcionarão normalmente, menos o Double Shock, que permanece interditado.   Cinco vítimas permaneciam internadas no Hospital Metropolitano. Uma mulher voltou ao hospital na noite de quarta-feira (6) com dores de cabeça e foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Apuração

Segundo o Playcenter, o Double Shock permanecerá interditado até a apuração dos fatos. Peritos do Núcleo de Engenharia do Instituto de Criminalística da Polícia Técnico-Científica de São Paulo já vistoriaram o equipamento. Eles fizeram testes no brinquedo para saber o que provocou o acidente. Segundo a polícia, a trava de segurança de uma das gôndolas do brinquedo abriu sozinha, derrubando seis das oito pessoas que estavam sentadas. As outras duas conseguiram se segurar, mas mesmo assim se feriram.

O Playcenter diz que o brinquedo Double Shock passou por uma vistoria três horas antes do acidente. Segundo o parque, nenhuma irregularidade foi encontrada que justificasse a interrupção do funcionamento da atração.

“O Playcenter esclarece que, no dia 3 de abril, não foi realizada nenhuma intervenção técnica pela equipe de manutenção no equipamento Double Shock. Entretanto, às 14h40, houve uma vistoria solicitada pelo operador, que nada apontou, não justificando a interrupção do funcionamento do equipamento”, diz a nota.

O Procon e o Ministério Público de São Paulo abriram investigações sobre o acidente. Foi o segundo acidente ocorrido no Playcenter nos últimos seis meses. Em outubro de 2010, 16 pessoas ficaram feridas na montanha-russa Looping Star. A Prefeitura diz que vai aumentar a fiscalização no parque.      

veja também