MENU

PM ajuda em parto em ponto de ônibus e diz que mãe ficou apavorada

PM ajuda em parto em ponto de ônibus e diz que mãe ficou apavorada

Atualizado: Quinta-feira, 9 Junho de 2011 as 1:49

Dois policiais militares ajudaram no parto do segundo filho de uma jovem de 19 anos, realizado na manhã desta quinta-feira (9) em um ponto de ônibus da Leopoldina, Zona Portuária do Rio. Segundo o cabo Renato de Assis, do 4º BPM (São Cristóvão), quando eles chegaram um sargento do Quartel Central do Corpo de Bombeiros já estava realizando o parto.

“Ela estava apavorada, tinha sangue para todo lado, ela estava sentindo dor, o neném estava chorando muito, mas ela estava bem, lúcida, conversando”, contou Assis.

O policial informou que mãe e filho passam bem. A jovem foi encaminhada para o Hospital Souza Aguiar, no Centro. Em seguida, foi transferida para o Hospital Maternidade, na Praça XV.

Segundo ele, o bombeiro que estava a caminho do trabalho teria descido de uma van quando avistou uma mulher passando mal no ponto de ônibus. Os PMs foram avisados por pedestres. “Quando chegamos, ela estava semi-despida e o sargento a estava ajudando. O parto foi quase espontâneo”, disse o PM.

Ele contou ainda que a jovem estava acompanhada de uma tia e da primeira filha, de 3 anos. De acordo com a polícia, a jovem estava indo ao médico. Essa foi a primeira vez que o cabo Assis presenciou um parto na rua.

“É gratificante, é um serviço atípico, é bom, ela e o bebê estavam bem”, resumiu ele.          

veja também