MENU

PM apreende drogas e granada em favela de São João de Meriti

PM apreende drogas e granada em favela de São João de Meriti

Atualizado: Sexta-feira, 29 Outubro de 2010 as 9:11

Policiais militares do 21º BPM (São João de Meriti) apreenderam, nesta quinta-feira (28), uma granada e drogas durante operação em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Segundo a Polícia Militar, o material foi encontrado na comunidade da Prainha. Houve tiroteio, mas ninguém ficou ferido.

A operação aconteceu no início da noite. Ainda de acordo com a PM, a ação visava reprimir o tráfico de drogas na região. Os policiais do 21º BPM foram recebidos a tiros por traficantes quando tentavam entrar na favela. O confronto durou cerca de uma hora. Ninguém foi preso. O caso foi registrado na 64ª DP (Vilar dos Teles).

Semana violenta na cidade

A cidade vem sofrendo com ações de criminosos desde domingo. Na noite de quarta-feira (27), uma mulher foi morta a tiros na porta de casa. Mais cedo, um posto da Polícia Militar havia sofrido um ataque a tiros, mas ninguém ficou ferido. Segundo a polícia, ainda não se sabe se os crimes têm relação com a chacina.

Nesta quinta-feira  (28), cerca de 50 policiais do 21º BPM (São João de Meriti) e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) fizeram uma operação em várias comunidades de São João de Meriti. Segundo o comandante do 21º BPM, tenente-coronel George Freiras, a ação pretendia localizar suspeitos de participação na chacina que matou seis pessoas no último domingo (24).

Na terça-feira (26), uma troca de tiros entre policiais militares e traficantes assustou os moradores e comerciantes da Favela da Índia. Durante uma operação policial, um homem identificado pela polícia como traficante foi morto e o chefe do tráfico da região foi preso junto com outros quatro homens. Um menor foi detido.

A chacina de domingo aconteceu durante um churrasco de aniversário. Segundo testemunhas, pelo menos cinco homens em uma picape atiraram contra convidados. De acordo com as investigações, o motivo do crime foi passional. Um dos convidados da festa estaria saindo com a ex-namorada de um traficante do Morro do Chapadão. Ele teria descoberto e ordenado o crime.

veja também