MENU

PM confirma sete novos nomes de comandantes de batalhões do RJ

PM confirma sete novos nomes de comandantes de batalhões do RJ

Atualizado: Quarta-feira, 19 Outubro de 2011 as 1:17

Novo comandante da PM, coronel Erir Ribeiro Costa

Filho (Foto: Reprodução/TV Globo)

  Os nomes de sete novos comandantes de batalhões do Rio de Janeiro foram publicados no boletim interno da Polícia Militar na terça-feira (18). Com isso, a PM já divulgou um total de 42 nomes nas mudanças dos batalhões da PM. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (19) pela assessoria da PM.

Confira a lista dos novos comandantes:

9º BPM (Rocha Miranda): tenente-coronel Gláucio Moreira da Silva

14º BPM (Bangu): tenente-coronel Alexandre Fontenele Ribeiro de Oliveira

18º BPM (Jacarepaguá): tenente-coronel João de Oliveira Moraes

27º BPM (Santa Cruz): tenente-coronel Friederik Minervine Bassani

31º BPM (Recreio dos Bandeirantes): tenente-coronel Marcus Vinícius dos Santos Amaral

40º BPM (Campo Grande): tenente-coronel Jorge Damião Silva de Souza

41º BPM (Irajá): tenente-coronel Cláudio dos Santos 

Na sexta-feira (14), a PM divulgou em seu site o nome de mais quinze novos comandantes de batalhões e diretorias do Rio de Janeiro:

8º BPM (Campos dos Goytacazes): tenente-coronel Lucio Flavio Baracho de Souza.

10º BPM (Barra do Piraí): tenente-coronel Bernardete Campbell de Freitas dos Santos.

26º BPM (Petrópolis): tenente-coronel Marcus Vinícius Mendonça de Oliveira.

28º BPM (Volta Redonda): tenente-coronel Igor Magalhães Borges Pires.

29º BPM (Itaperuna): tenente-coronel Roberto de Oliveira.

30º BPM (Teresópolis): tenente-coronel Mario Marcio Pereira Fernandes.

32º BPM (Barra de Macaé): tenente-coronel Ramiro Oliveira Campos.

33º BPM (Angra dos Reis): tenente-coronel Samir Vaz Lima.

36º BPM (Santo Antônio de Pádua): tenente-coronel Cid Rodrigues Tavares.

37º BPM (Resende): tenente-coronel Rogerio Figueiredo de Lacerda.

38º BPM (Três Rios): tenente-coronel Marcelo da Silva Quinhões.

DAS (Diretoria de Assistência Social): tenente-coronel Aziza da Cunha Ramalho Costa.

CCRIM (Centro de Criminalística): tenente-coronel Paulo Roberto das Neves Júnior.

UP/PMERJ (Unidade Prisional): tenente-coronel Wilson Gonçalves Nunes Júnior.

2ª DPJM (Delegacia de Polícia Judiciária Militar): Major Fausto Castro de Araújo Neto.

Na quarta-feira (12), a PM já havia anunciado o nome de vinte novos comandantes :

2º BPM (Botafogo): tenente-coronel Reynaldo Salvador Lemos

3º BPM (Méier): tenente-coronel Ivanir Linhares Fernandes Filho

4º BPM (São Cristóvão): tenente-coronel Ronal Langres Freitas de Santana

6º BPM (Tijuca): tenente-coronel Márcio Oliveira Rocha

12º BPM (Niterói): coronel Wolney Dias Ferreira

15º BPM (Duque de Caxias): tenente-coronel Claudio de Lucas Lima

16º BPM (Olaria): tenente-coronel Marcos Vinícius da Silva Mello

17º BPM (Ilha do Governador): tenente-coronel Ezequiel Oliveira de Mendonça

20º BPM (Mesquita): tenente-coronel Marcos Borges Silva

21º BPM (São João de Meriti): tenente-coronel Marcelo Pereira Rocha

22º BPM (Benfica): tenente-coronel Rogério Martins da Silva

23º BPM (Leblon): coronel Álvaro Sérgio Alves de Moura

25º BPM (Cabo Frio): coronel Gilmar Barros dos Reis

34º BPM (Magé): tenente-coronel Ricardo Bakr de Souza Faria

35º BPM (Itaboraí): tenente-coronel Wagner Guerci Nunes

39º BPM (Belford Roxo): tenente-coronel Célia Gonçalves Rodrigues

BPRv: tenente-coronel Oderlei dos Santos Alves de Souza

BPFMA: tenente-coronel André Luíz Araujo Vidal

RCECS: tenente-coronel Cláudia de Mello Lovain M. Cardozo

BPTur: tenente-coronel Joseli Cândido da Silva

  De acordo com a PM, a exemplo dos anteriores, os nomes foram escolhidos depois de uma avaliação da ficha disciplinar e judiciária dos oficiais, garantindo que os comandantes comissionados estejam dentro do perfil definido pelo comando da corporação para liderar a tropa.

A mudança acontece depois que o novo comandante da PM, coronel Erir Ribeiro Costa Filho , assumiu o cargo, no dia 29. Ele ocupa a vaga que antes pertencia ao coronel Mário Sérgio Duarte, que pediu exoneração depois de assumir a responsabilidade da escolha do tenente-coronel Cláudio Oliveira – suspeito de ser o mandante da morte da juíza Patrícia Acioli – para assumir o comando do 7º BPM (São Gonçalo).

Prazo mínimo de 1 ano no cargo

Segundo a PM, os novos comandantes deverão permanecer no cargo por um prazo mínimo de um ano - antes não havia prazo mínimo. A ideia é permitir que o oficial conheça melhor a área de atuação da unidade, suas peculiaridades e problemas, além de se aproximar mais da tropa e da comunidade. Caso sejam bem avaliados, eles poderão ter suas nomeações prolongadas por mais um ano.

O processo de renovação no comando dos batalhões continua, e novos nomes devem anunciados pelo comandante-geral da PM. Ao todo, são 41 batalhões, fora os especiais (como Choque, Turismo, Florestal e Meio Ambiente, Rodoviário Estadual e Regimento Coronel Enyr Cony dos Santos).        

veja também