MENU

PM é morto ao ser vítima de 'saidinha de banco' em São Gonçalo, no RJ

PM é morto ao ser vítima de 'saidinha de banco' em São Gonçalo, no RJ

Atualizado: Terça-feira, 24 Maio de 2011 as 4:11

Um policial militar foi morto, na tarde desta terça-feira (24), após ser vítima do crime conhecido como "saidinha de banco", em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Segundo informações do tenente-coronel Claudio Oliveira, comandante do 7º BPM (São Gonçalo), um amigo que estava com o agente foi ferido na perna e levado para um hospital da região. Ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

De acordo com o comandante, o policial, que trabalhava no 2º BPM (Botafogo), tinha acabado de sacar R$ 12 mil, quando foi seguido até em casa por pelo menos dois homens armados. Ele reagiu ao assalto e foi baleado, segundo o comandante. Os criminosos fugiram sem levar o dinheiro.   Ainda de acordo com o comandante, o agente chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu. O caso foi registrado na 72ª DP (São Gonçalo).

Entenda como funciona o golpe

O modo de agir das quadrilhas é quase sempre o mesmo: um ou dois homens ficam dentro de uma agência bancária, com a função de monitorar o local, esperando uma potencial vítima. Os alvos são pessoas que utilizam o banco para sacar grande quantia de dinheiro.

Quando a vítima é escolhida, eles avisam o parceiro, que espera do lado de fora, e passam todas as informações, como características físicas, roupas e o valor do saque. Estrategicamente, os criminosos se posicionam do lado de fora da agência bancária e praticam o roubo.        

veja também