MENU

PM estende operação do Morumbi aos Jardins após 'migração do crime'

PM estende operação do Morumbi aos Jardins após 'migração do crime'

Atualizado: Quarta-feira, 26 Outubro de 2011 as 8:32

Policiais no Morumbi fazem abordagem durante a Operação Colina Verde (Foto: Raphael Prado/ Arquivo G1) O comandante-geral da Polícia Militar de São Paulo, Álvaro Camilo, disse que a Operação Colina Verde, iniciada em agosto no Morumbi, Zona Sul da capital, para combater o crime e reduzir os casos de violência, foi estendida aos Jardins. Em entrevista ao G1 , ele disse que verificou uma “migração” na atuação dos criminosos, que estão agora agindo nessa região nobre da cidade.   “Expandimos a operação para os Jardins porque vimos um pouco a migração para lá”, afirmou o coronel, dizendo que os policiais começaram a intensificar o patrulhamento na área há “10, 15 dias”. A Colina Verde teve início em 24 de agosto, com policiais em carros, motos e até helicóptero percorrendo ruas e vielas do Morumbi na tentativa de acabar com a onda de violência no bairro.

Desde setembro, o G1 faz um mapa com dados sobre a violência no Morumbi , com a ajuda de leitores e da polícia.

Quatro dias depois do início da operação, os moradores da região chegaram a organizar uma passeata para pedir paz. De acordo com Álvaro Camilo, o que está havendo no Morumbi é uma “força-tarefa” com policiais de outros batalhões dando apoio na área. Para ele, “é normal o realocamento de recursos”.

O comandante-geral da PM não deu prazo para o fim da Colina Verde. Afirmou que a operação será reduzida quando os índices de criminalidade estiverem menores, mas a polícia “não vai sair” do Morumbi. “O Ladeirão não pode ficar mais sem policiamento”, disse o coronel, referindo-se à Rua Doutor Francisco Tomás de Carvalho, que dá acesso à Avenida Giovanni Gronchi e algumas ruas da favela de Paraisópolis, a segunda maior de São Paulo.

Números

De 25 de agosto a 21 de outubro, a Polícia Militar prendeu 13 pessoas, recapturou seis foragidos da Justiça e apreendeu 14 adolescentes cometendo delitos na região durante os desdobramentos da Colina Verde. No mesmo período, o coronel informou que houve 64 carros e 23 motos apreendidos em mais de 7 mil abordagens.

Camilo disse ainda que os índices de criminalidade no Morumbi caíram desde que a Operação Colina teve início. De 25 de agosto a 7 de outubro, o número de homicídios diminuiu 67%, passando de 6 para 2. O porcentual de roubos apresentou redução de 54%, caindo de 517 casos para 240. Já o número de roubo a residência passou de 52 para 11 em quase dois meses, representando queda de 79%. A comparação é com os 45 dias antes do início da atuação da PM na região.

Para os moradores que se queixam da violência e da sensação de insegurança no Morumbi, o coronel pediu que contem com a ajuda da polícia, informando sobre qualquer atitude suspeita. “É muito importante ligar para o 190 e, se a pessoa não quiser se identificar, ligar para o Disque-Denúncia.”      

veja também