MENU

PM interdita rua e faz operação em favela para coibir novo protesto em SP

PM interdita rua e faz operação em favela para coibir novo protesto em SP

Atualizado: Quarta-feira, 21 Julho de 2010 as 7:47

A Polícia Militar interditou na noite desta terça-feira (20) a Rua Maximino Maciel, na região do Morumbi, Zona Sul de São Paulo, na entrada da favela Vila Praia, para evitar que manifestantes voltem a ocupar a Rua Doutor Luiz Migliano, que, por volta das 18h, foi palco de um protesto, com a queima de pneus e entulho.

À tarde, a rua foi fechada por moradores da Favela Vila Praia, indignados com a falta de moradias após um incêndio destruir a maior parte dos barracos no local no dia 1º de junho.

Segundo o capitão Ednaldo Soares Alexandre, do 16º Batalhão da Polícia Militar, o bloqueio foi feito para evitar novos confrontos. "Estamos só fazendo uma manutenção com a Força Tática, que permanece na região a fim de inibir os manifestantes."

Ninguém foi preso. Segundo a PM, também não houve feridos. Mas um veículo do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado por uma moradora após seu marido, deficiente físico, passar mal.

Durante a tarde, a Polícia Militar conteve o protesto com bombas de efeito moral. Duas equipes do Corpo de Bombeiros foram deslocadas para o bairro e apagaram o fogo.

Incêndio em favela

No dia 1º de junho, o incêndio atingiu a favela Vila Praia. Na ocasião, ao menos 17 carros de bombeiros foram enviados para conter as chamas. Cerca de 300 moradores perderam tudo no incêndio. Ao menos 60 barracos foram destruídos pelas chamas.Desempregada, Juliana Costa afirma que morava com os pais e irmãos em um dos 60 barracos que foram consumidos pelo fogo. Agora ela tem de dormir na casa da amiga Kelly. "A prefeitura disse que ia dar três meses de aluguel para a gente e até agora nada, não deixaram a gente construir nem fazer nada. A gente precisa de um lugar para morar", afirmou.

Sebastiana Miguel de Araújo, que ficou do lado de fora da favela com a neta Brenda, também disse não ter para onde ir. "Eu só vou dormir na casa de parentes."

veja também