MENU

PM investiga ação de policiais em tiroteio na porta de hospital em SP

PM investiga ação de policiais em tiroteio na porta de hospital em SP

Atualizado: Segunda-feira, 31 Janeiro de 2011 as 2:54

O comando da Polícia Militar abriu inquérito para investigar a ação dos policiais envolvidos em um tiroteio em frente a um hospital em Joanópolis, a 112 km de São Paulo, no domingo (30). Duas pessoas morreram e outras duas ficaram gravemente feridas. Três suspeitos foram presos em flagrante.

A polícia foi chamada para conter um grupo que fazia bagunça na porta do centro médico. Segundo os policiais, o carro em que estavam foi cercado por diversas pessoas e um dos participantes, armado, tentou atirar. “O policial teve tempo de segurar a mão desse agressor e efetuar disparos, se defendendo e defendendo o companheiro”, disse o major da PM Fabiano Suero.     Ao todo, 13 disparos foram feitos; alguns dos tiros atingiram quatro pessoas e a fachada do hospital. Dois deles morreram. As vítimas que sobreviveram foram socorridas e encaminhadas em estado grave a um hospital de Bragança Paulista. O carro da PM ficou amassado e com manchas de sangue.

A Polícia Civil investiga se uma terceira arma foi utilizada no tiroteio. “O policial revidou e houve pessoas que foram alvejadas. Nós estamos investigando porque parece-me que uma enfermeira viu, do ângulo em que ela estava, mais pessoas sacando arma”, explicou o delegado Luiz Carlos Ziliotti. A arma utilizada para intimidar os policiais foi apreendida.    

veja também