PM que matou sargento é levado para presídio militar em São Paulo

PM que matou sargento é levado para presídio militar em São Paulo

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:17

O soldado da Polícia Militar, Adilson Luiz de Oliveira, que matou o sargento do Exército Juscelino de Souza Dias, de 38 anos após uma briga de trânsito na terça-feira (27) em Carapicuíba, na Grande SP, já está no presídio especial da PM Romão Gomes, na Zona Norte da capital, onde aguardará julgamento.

Ele foi autuado em flagrante por homicídio. A discussão aconteceu na estrada do Gabiroba. De acordo com testemunhas, o carro do sargento fechou a moto conduzida pelo PM, que iniciou uma perseguição. O policial deu um tiro para o alto. Os dois motoristas pararam e começaram a discutir. Um apontou a arma para o outro. Quando o sargento do Exército abaixou o revólver, o soldado da PM atirou.

Segundo a perícia, Dias levou quatro tiros, que atingiram o peito e os braços dele. O sargento chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital. O policial militar envolvido na briga estava de folga e atirou com uma arma particular. A perícia também vai investigar se o sargento tentou atirar contra o policial militar.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições